Passeio pelas raízes teutônicas de Barão, São Pedro da Serra e Salvador do Sul

Um belo passeio de bicicleta pelo território ao Nordeste da antiga Colônia Teutônia, passando por Vila Rica, Canoinhas, Sagrado Coração de Jesus, Arroio Canoas, Campestres Alto e Baixo, Linha do Meio e Barão Velho.

De Canoinhas, com paisagem do "fundão" de Cafundó, em Barão/RS

De Canoinhas, com paisagem do "fundão" de Cafundó, em Barão/RS

Passear de bicicleta pelos interiores de Barão, São Pedro da Serra e Salvador do Sul pode ser considerado um desafio difícil do ponto de vista físico, especialmente para quem não está acostumado com atividade física, mas (re)compensa pelo prazer de estar em contato com a natureza em uma experiência única que nenhum outro meio de transporte consegue proporcionar.

O passeio que vou comentar inicia em Barão, passando por Vila Rica mas, antes de chegar à Arco Verde, toma-se a esquerda passando por Coblens, em Carlos Barbosa, até passar por Canoinhas, onde é possível apreciar a paisagem dos “fundos” de Cafundó em Barão/RS, também conhecida como “fundão de Cafundó”

Subidas no passeio de bike pelo interior de Barão/RS desafiam o condicionamento físico.
Subidas no passeio de bike pelo interior de Barão/RS desafiam o condicionamento físico.

Passear de bicicleta pelos interiores inevitavelmente será um grande desafio na hora de enfrentar as subidas de nossa região. É importante não ter pressa. Parar e descansar quantas vezes for necessário, mantendo hidratação constante.

As belas paisagens naturais, aliadas ao desafio físico, são um ambiente que proporciona um (re)encontro íntimo pessoal: você e você mesmo. Seguindo por mais alguns Km’s, chegamos à localidade de Sagrado Coração de Jesus no distrito de Arroio Canoas, em Barão/RS.

Igreja de Sagrado Coração de Jesus, Arroio Canoas, Barão/RS
Linda Igreja na comunidade de Sagrado Coração de Jesus, no distrito de Arroio Canoas, em Barão/RS.

A sutil conexão entre o homem e a natureza mostra que, certamente, deve haver um ponto de equilíbrio entre a preservação da natureza e a manutenção de um processo civilizatório sustentável. Fica a pergunta: Onde reside esse ponto de equilíbrio?

Após passar pela sede do distrito de Arroio Canoas, toma-se à Direita no sentido à Linhas Campestre Alto e Baixo.

Paisagem Rural em Linha São João, Salvador do Sul.
Estrada centenária que sempre escoou a produção rural Rural de nossa região, em Linha São João, Salvador do Sul/RS, no sentido à Campestre Alto, São Pedro da Serra/RS.

O trajeto percorrido foi predominantemente de estrada de chão batido, estando a maioria em bom estado de conservação, embora existam trechos sinuosos que exigem cuidado para evitar acidentes. Há locais com calçamento sem comprometer o aspecto rural. Passando por Linha Campestre Alto em São Pedro da Serra/RS, toma-se o sentido de Linha Campestre Baixo, em Salvador do Sul/RS.

Linha Campestre Baixo, em Salvador do Sul.
Sede da Linha Campestre Baixo, em Salvador do Sul/RS.

Essa região fica ao nordeste da antiga Colônia Teutônia e ao sudoeste da antiga Colônia de Santa Maria de Soledade (Colônia de Montravel).

Felizmente, a atividade humana que altera o meio ambiente também demonstra a necessidade de espaços para atividades físicas. Após passar por Linha Campestre Baixo, no sentido à sede de Salvador do Sul/RS, encontramos com uma ciclovia que leva até o Centro da cidade, na Avenida Duque de Caxias.

Ciclovia em Linha do Meio, Salvador do Sul/RS
Ciclovia que liga a localidade de Linha do Meio, próxima a Campestre Baixo, até o Centro de Salvador do Sul/RS.

A praça central na sede de Salvador do Sul/RS, próxima à igreja dos Três Santos Mártires, é um convite para uma pausa. Depois de algumas horas de passeio por paisagens rurais, este é o primeiro ambiente urbanizado que não perde a característica de pacata cidade de interior.

Praça central em Salvador do Sul/RS.
Praça central em Salvador do Sul/RS, típica de cidades interioranas.

Seguindo o passeio, entramos em São Pedro da Serra/RS, onde a praça que fica em frente à Paróquia São Pedro, merece destaque pela beleza, tranquilidade e asseio dedicado pela população local na sua manutenção.

Praça em frente a Paróquia São Pedro, em São Pedro da Serra/RS
Bela praça em frente a Paróquia São Pedro, em São Pedro da Serra/RS.

Saindo de São Pedro da Serra/RS no sentido à Barão/RS, passamos pela localidade de Barão Velho. No entanto, ao invés de passarmos pela “sede” da localidade, optamos por uma rota alternativa, de estrada de chão, passando pelo traçado da extinta Linha Férrea que ligava Montenegro à Bento Gonçalves entre meados de 1900 e 1970, desviando por volta de 6 km da Rodovia BR-470 (com pouco ou nenhum acostamento).

Linha Férrea em Barão Velho, Barão/RS.
O antigo traçado da extinga Linha Férrea que passa por Barão Velho, pouco antes de chegar à sede de Barão/RS, oferece um caminho calmo, rodeado de natureza e muita sombra.

Há uma grande vantagem em utilizar um traçado de linha férrea em um passeio de bicicleta: poucas subidas difíceis, uma vez que os trens não enfrentavam elevações súbitas.

Outro aspecto do traçado da antiga ferrovia que chama atenção são os diversos “cortes” em rocha basáltica que foram realizados no início do século passado (por volta do ano de 1900). Qual terá sido o esforço dos trabalhadores daquela época na execução de obras como essa? Imenso! Presumo.

Corte em rocha basáltica no traçado da extinta ferrovia que ligava Montenegro à Bento Gonçalves entre 1910 e 1970.
Corte em rocha basáltica no traçado da extinta ferrovia que ligava Montenegro à Bento Gonçalves entre 1910 e 1970.

Saindo de Barão Velho pela localidade conhecida como “ponte seca”, em alusão à ponte que existia na encruzilhada da extinta linha férrea sobre o caminho que leva às Linhas Francesas Alta e Baixa, passamos pelo caminho que leva à Linha Camilo, onde enfrentamos a última subida antes de chegar à sede de Barão/RS.

Subida de Linha Camilo até o Esporte Clube Cantareira, em Barão/RS
Última subida de Linha Camilo até o Esporte Clube Cantareira, em Barão/RS.

Por esse longo caminho, passamos por muitos outros locais interessantes, seja do ponto de vista paisagístico, histórico ou cultural. Irei publicar, em breve, outras informações sobre esses lugares em específico.

Detalhamento no Strava
Detalhes do trajeto no mapa.

Você também pode conferir mais detalhes sobre essa pedalada, de 08/12/19, no registro dessa atividade no Strava. 

Em breve, mais publicações a respeito desses belos lugares aqui em nossa região.

O conteúdo desta página pode não refletir a opinião do portal NoticiasDoSul.com e de seus administradores. Os veículos e autores acima indicados fazem o uso desse espaço sem edição ou análise prévia. Assim, os mesmos assumem publicamente a mais ampla e exclusiva responsabilidade sobre quaisquer consequências que possam estar direta ou indiretamente relacionadas ao conteúdo aqui divulgado, isentando este site e seus administradores de qualquer ônus.