6ª Festa Colonial – Sucesso

A 6ª Festa colonia supoerou as expectativas pela participação popular, e agradou a todos os visitantes.

Depois de sucessivas festas regadas a chuva e ao mau tempo em outras, a 6ª Festa Colonial de Barão foi brindada com quatro belos dias de sol. Para não mentir, houveram pancadas de chuva na madrugada de sexta para sábado, amanhecendo um lindo dia de sol, na medid,a para que a trilha dos jipeiros estivesse pronta para a aventura. O frio, como é de prache, também se fez presente, mas só fez com que a festa ficasse ainda mais elegante.

Durante todos os dias da festa, o que se fez destacar com mais veemência, entre todas as atrações e eventos, foi a participação da população na realização das atividades, no quadro artístico, nos encontros e, do mesmo modo, nos estandes do comércio, agricultura, na indústria, artesanato e alimentação. O trabalho e a participação conjunta de várias entidades foi fundamental para que a festa brilhasse em todos os seus dias.

Abertura da festa

A abertura na quinta à noite, contou com autoridades municipais, regionais e estaduais e se fez destacar por seu início caloroso com as Soberanas municipais declamando o Hino do Município ao som da Orquestra Municipal de Barão e corais baronenses. Um belo início se apresentava, carregado de orgulho e esperança, retratado nas palavras do hino, na melodia e na comoção geral dos presentes.

Participação de escolas e grupos de idosos

A sexta feira de manhã contou com a presença das escolas, destacando a apresentação teatral da companhia de teatro de barão Árbara Plin e Companhia Crescer e o Palhaço Chuveirinho. Os alunos e professores também puderam visitar o estande do Projeto Simbolize, que expôs os trabalhos realizados nas escolas sobre a temática dos símbolos municipais baronenses.

À tarde, houve o grande encontro da 3ª idade, com a presença de todos os grupos baronenses e convidados de outras cidades. Uma grande festa. Às seis horas da tarde, diretamente da Alemanha, o cantor Cris Wolff fez sua bela apresentação, aproximando os laços das duas nações e promovendo esse rápido, mas significativo intercâmbio cultural. Logo após o músico, houve o encontro regional de Orquestras, na coordenação do Maestro Lucas Grave, abrilhantando a noite com vários grupos da região. Na seqüencia, mais artistas se apresentaram, com destaque para banda Armazém, de Barão, que mostra a cada show seu amadurecimento musical.

Aventura, esportismo e participação comunitária

O Sábado foi bastante agitado na 6ª Festa Colonial. Amanheceu um lindo dia, aquecido com o ronco dos motores dos jipes para a largada da 1ª Trilha da Colônia, que percorreu cerca de 40 Km no interior do município. Na manhã ainda houve a Rústica da Emancipação, com participação de adultos e crianças na promoção de saúde e competitividade saudável.

Na tarde, talvez um dos pontos altos da festa, ocorreu o Desfile Temático das Comunidades, com participação de 12 comunidades, que se empenharam na construção de carros alegóricos, confecção de vestimentas, tratores e animais, retratando de maneira emocionante sua história e tradição. O desfile abriu com bandinha típica e Comissão Emancipacionista e arrancou aplausos e lágrimas de emoção aos presentes.

Uma noite para a música

Voltando aos estandes, houve apresentações de dança do CTG Tropeiro da Serra e Grupo de danças alemãs de Linha Francesa, seguindo com a apresentação do show de comédia do grupo Retrato Falado. O cantor tradicionalista Leonardo Reis também se fez presente, abrindo a apresentação do baronense Luiz Orlando Calliari, com seu show acústico, além da turma do Pagode 100 Re$pons@. Após isso, se fizeram presentes também, reforçando a participação dos artistas baronenses na festa, a dupla Diego & Cristiano, trazendo clássicos de todos os tempos. Consolidando a importância de valorizar nossas potencialidades culturais, abrindo o show da banda principal, se apresentou a banda Lila, com um show que aqueceu de vez o público para o show dos Fevers, outro pico da programação.

A banda The Fevers, como era esperado, fez seu papel de conquistar o público, logo nas primeiras músicas. Os seus clássicos, como “Mar de Rosas”, “Cândida”, estiveram de clássicos nacionais e internacionais, como “Imagine” e “Você vai lembrar de mim” . O show foi uma viagem no tempo.

Um domingo que manteve o ritmo

Os motores roncaram como música no 1º Encontro de Fusqueiros de Barão. Cerca de cinqüenta fuscas, em sua maioria baronenses, fizeram parte da carreata que percorreu a cidade e possibilitou um espaço de entretenimento e amizades para os seus participantes. Já sendo requisitada a sua 2ª edição o mais breve possível, o encontro de fuscas deu certo e foi muito elogiado.

A tarde continuou com um grande público, o maior da festa, repleto de muita música e movimentação nos estandes. A música seguiu até a noite, com destaque muito especial para banda Sunset Riders que agitou a galera e impressionou com a perfeição na execução de músicas de bandas como Depeche Mode, Betles, Bee Gees, entre outros. A noite fechou com a também bela execução da Urso Banda, com seu Rock n’Roll de respeito.
Jonas H. Schommer

 Na abertura da 6ª Festa Colonial várias autoridades se pronunciaram (Foto: Augusto)

O Coral de Francesa também esteve presente e agradece e muito aos seus incetivadores, por poderem manter va tradição alemã (Foto: Augusto)

O encxontro dos fusqueiros, abrilhantou ainda mais a festa e trouxe mais p´´ublico ao evento (Foto: Bernardino)

A presença dos jipeiros, para participar da 1ª Trilha da Colônia, foi o ponto alto no sábado, os quais puderam se divertir na trilha (Foto: Bernardino)

Muita água e lama, além de atoladores e outros impecilhos estavam na trilha percorrida por Jipes, gaiolas e Pick-uup (Foto: Bernardino)

As mdificuldades não assustaram os participantes qwue viam em todas as dificuldades, mas um motivo para diversão (Foto: Romildo)

Fonte: Site Oficial. Portal Notícias Do Sul. Disponível: <aqui>

O conteúdo desta página pode não refletir a opinião do portal NoticiasDoSul.com e de seus administradores. Os veículos e autores acima indicados fazem o uso desse espaço sem edição ou análise prévia. Assim, os mesmos assumem publicamente a mais ampla e exclusiva responsabilidade sobre quaisquer consequências que possam estar direta ou indiretamente relacionadas ao conteúdo aqui divulgado, isentando este site e seus administradores de qualquer ônus.