Revivendo os ultimos momentos

Milhares de pessoas participam da procissão de Paixão e Morte de Cristo, encenada com a participação de 450 pessoas, nas diversas cenas, que trouxeram lágrimas.

Acompanhada por milhares de pessoas, a encenação da Paixão e Morte de Cristo mais uma vez reuniu barbosenses e visitantes em um espetáculo único de fé e emoção em Carlos Barbosa. Às 15h30min, a “Leitura da Palavra” em frente à Igreja Matriz Nossa Senhora Mãe de Deus, no Centro, já reunia um grande público. Ao encerrar a missa deu-se início a procissão, que pelas três horas seguintes acompanharia o calvário de Jesus Cristo até os momentos de sua morte e ressurreição.

A promoção da Prefeitura de Carlos Barbosa, realizada pela Secretaria de Turismo, Indústria, Comércio e Serviços com apoio da Paróquia Nossa Senhora Mãe de Deus, contou com a participação de cerca de 400 atores locais, entre personagens principais e figurantes. O tempo bom permitiu que muitos participassem da procissão, que contou com doze cenas.

Um novo personagem, o "contador de histórias", o qual conversava com Deus sobre Seu Filho e falava sobre alguns dos momentos vividos nas principais cenas do espetáculo, questionando os acontecimentos, foi uma das mudanças implementadas neste ano.

A primeira cena, da Ressurreição de Lázaro, foi realizada sobre o palanque oficial, que permitiu maior aproximação a quem assistia. As cenas também tiveram pequenas mudanças e melhorias. Desde a última encenação, realizada em 2010 (em 2011 o tempo não permitiu), foram inseridos cenários nas cenas do Sermão da Montanha, realizada em frente a quadra de areia, e Jesus expulsa os vendilhões do Templo, em frente a Plataforma da Estação Ferroviária, que recebeu como cenário uma pintura inspirada no 4º templo de Jerusalém, da época em que Jesus viveu. Objetos de cenário na Santa Ceia e paredes para "maquiar" objetos da rua como placas e orelhões também foram usados em algumas cenas.

Em uma caminhada de quase 3 km, uma multidão acompanhou cantando e orando os passos de Jesus, que já na escuridão chegou ao Morro Calvário, onde são realizadas as cenas mais esperadas, da Crucificação e Ressurreição. Junto a dois ladrões, Jesus foi erguido na cruz. O jogo de luzes e as mensagens finais da encenação repassadas à multidão, proporcionaram momentos de reflexão, emoção e expectativa.

Jesus novamente ressuscitou sobre a Capela Nossa Senhora das Dores, no alto do morro, dessa vez sobre uma plataforma, que o ergueu possibilitando uma visão melhor a todos que acompanhavam a procissão. Um show de fogos de artifício arrancou exclamações do público que, impressionado, aplaudiu fortemente. Após pouco mais de quatro horas, a encenação encerrou, com muitos cumprimentos aos atores e emoção dos que participaram.

Cristo ensina os discipulos a rezar, após falar da oração e das bem-aventuranças (Foto: romildo)

Cristo é recebido trinfalmente em Jerusalém pelas pessoas simples, que enconmtraram em Jesus as orientações necessárias (Foto: romildo)

Jesus Cristo no templo em Jerusalém, quando adverte que a casa de Deus é casa de oração e não casa de negócios e de ladroagem (Foto: romildo)

Jesus dá exemplo de humildade ao lavar os pés dos discípulos, dizendo, fazei vós o mesmo, pois que se humilha será exaltado (Foto: romildo)

Jesus faz a última refeição com seus discípulos, a páscoa, e depois diz Este é o meu corpo a pegar o pão e Este é o meu vinho, a pegar o cálice com vinho. (Foto: romildo)

Multidão acompanha esus em sua caminhada, pois confia nele e sabe que só ele tem palavras de vida eterna. (Foto: romildo)

Jesus é condenado à morte por Pôncio Pilatos, que lavou as mãos dizendo-se inocente do sangue deste justo (Foto: romildo)

Jesus caai sob o peso da cruz, que simboliza todos os nossos pecados, que desejou carregar para obetr o perdão para nós. (Foto: romildo)

Cristo pregado na cruz nos concede sua mãe como nossa mãe, mostrando seu total despreendimento em nosso favor (Foto: romildo)

Mas Jesus Cristo que morreu por nós não ficou entre os mortos; pois ressuscityou ao terceiro dia, para nos indicar que a alegria celeste está a nossa espera,se formos fiéis (Foto: romildo)
Fonte: Site Oficial. Portal Notícias Do Sul. Disponível: <aqui>

O conteúdo desta página pode não refletir a opinião do portal NoticiasDoSul.com e de seus administradores. Os veículos e autores acima indicados fazem o uso desse espaço sem edição ou análise prévia. Assim, os mesmos assumem publicamente a mais ampla e exclusiva responsabilidade sobre quaisquer consequências que possam estar direta ou indiretamente relacionadas ao conteúdo aqui divulgado, isentando este site e seus administradores de qualquer ônus.